O surgimento de uma marca

A marca de camisa brancas surgiu a partir de um grande incomodo com a desvalorização dos processos e dos produtos de moda, que para mim são de muito valor.
Quando iniciei minha vida na industria da moda, final dos anos 80, tínhamos tempo para mergulhar no universo inspiracional , vivenciar o processo criativo e desenvolver uma coleção.

Com a chegada da internet na nossa vida, esta realidade mudou muito, a informação ficou mais acessível, o que foi maravilhoso, mas por outro lado vimos os processos da moda se acelerarem ao ponto de comprometer o processo criativo.

Enquanto estávamos finalizando uma coleção, comitantemente já estávamos iniciando a próxima coleção. A necessidade de ser muito rápido em criar desejo através de novidades constantes, mudou a vida do estilista, que obrigatoriamente, se colocava em um verdadeiro castelo de faz de conta, viabilizado pela velocidade que as informações chegavam. Faz de conta que me inspiro e faz de conta que crio.

Além de ver o processo criativo sendo substituído indiscriminadamente pelo contra o V e contra o C, o incomodo também em ver peças lindas e de qualidade serem descartadas no fundo do armário, por serem consideradas fora da moda. A velocidade das tendências tornavam velhas e desinteressantes, as roupas da coleção passada.

Isso tudo foi gerando vários conflitos e um caos na minha cabeça. Eu não conseguia ser feliz com este novo formato maquineísta de desenvolver uma coleção e aceitar roupas perderem seu valor tão rápido.

Tive o insight de criar uma marca, com o propósito de resgatar o valor da roupa e os valores da moda, através de uma peça do meu armário, que eu amava e se mantinha com valor, mesmo com o passar dos anos: a camisa branca

Meu propósito é inspirar e encorajar as mulheres a se vestirem com autenticidade e de um jeito único, se desapegando dos padrões da moda, adquirindo autonomia de estilo e consumo.
Sempre tive vontade de descobrir novas formas de criar, estimulando e desenvolvendo meu processo criativo através de interferências de outras áreas e pessoas. A ideia de misturar sentimentos e culturas, sempre me encantou, porem somente hoje eu encontro ressonância .

Compartilhe

Voltar as Notícias